Halloween Costume ideas 2017
Latest Post
10 Maiores Causa de morte no mundo 2012 248 preceitos positivos/leis 365 preceitos proibitivos/leis 5 de Iyar 5 de junho A arte A biblia e o meio ambiente A Etnobiologia A linguagem da empatia A mullheres piram A Parashat Vayêshev A pesca a Torá ABiologadoblog Ache o animal Acusações e mentiras Adão e eva Adar Adolescência Amo Biologia Amo sorteio Amostras grátis Ancestrais de Adão e eva and win Like shadows palette of 120 colors Animais Mortais Animais protegidos pela Biblia Anno Novo das arvores Ano Embolismico Ano gregoiano Ano Judaico ano lunar Ano Novo das arvores Ano Novo das Árvores ano solar anticoncepcional aprendemos a ter mais raciocinio critico e logico Aquecimento global Arca de Noé. ArcheAge ArcheAgeBrasil Areia Argan Arqueologia Arqueologia e Paleoambiente Arqueologia e Paleoambiente Rio Paraná em Mato Grosso do Sul arrecadação federal. Taxa de tributação Arte Artistas Israelenses Arvores Arvores no Rio de Janeiro As doenças do ultimo seculo As raízes judaicas no Brasil Azadirachta indica Baratas! Base Healthy Bases com as melhores coberturas Batman Batman v Superman: Dawn of Justice Beija Flor Beit Shean Beleza Beleza feminina no mundo Beleza Israelense Beleza natural Biblia Bíblia hebraica Biblioteca da Tora Biologa de Salto Biologa do blog Biologia Blog Blog do RN Blogs Blogueira que participam de Sorteio Blogueiras Boicote a Israel Bonequinhos infantis Borboleta Brindes Cabeça do Ano Cabelos Caesarea cálcio calendário judaico Cambridge Canais Canal Natgeo Canal tnt Cantoras Judias Cantores judeus Caparot Carl Djerassi Carne de Soja Casamento Judaico Celula Animal Células-tronco Células-tronco em debate Chag Pessach Chag Sameach Chales Darwin Chame o beija flor Chanukah Charles Perrault Christmas ciências biológicas. Ciências e religião Ciências sociais cistina Codex Index Coisa Judaicas Comic comportamento Compra de israel compras em Israel Comprimidos vencidos Comunidade secreta Concurso Fotográfico 2012 Concursos Fotografico WED conflitos em Israel Conhecendo a palavra Conhecendo blogueiras conhecimento Consciência ambiental continente apartado Contos Contos de Fadas Contos judaicos Copa do Mundo Coque correios Cosméticos Costumes das mulheres judias Couve Flor Criadora da Gorjuss crime Cristãos Cultura mediterrânea culturas Curiosidades Curso online Darwin David Gorodovits David Gorodovits e Jairo Fridlin DComics & MComics Delegacia do riograndedonorte Dermaphyto Descendencia judaica Descendencia judaica no Brasil! Deus se releva a seu povo Deuteronimios Dia da expiação dia de Juno e Lupercus(Pã) Dia de santo Antonio Dia de são Valentin Dia dos namorados Dia internacional da Mulher Dia mundial do meio ambiente Diário de biologia Dica de Beleza Dicas de artes Dicas de Beleza Dicas de compras dicas de hidratação Dicas de maquiagem Dicas para cabelos Diminuição do nivel do mar Dina Azrak Diptera direitos humanos Disney RN doces Don Manuel Dr. Fischer Dr. Shimon Slavin responde eclipse da lua de sangue Eclipse lunar ecologia Economia verde Educação judaica Efeito de neve no blog Efeito envelhecido Eleições em Israel EMPADÃO DE MAIONESE Etnobiologia Etnobiologia judaica etnoecológico Etomologia Exodo Exodus o Filme Extinção do Yahoo OpenId e Twitter do Friend Google connect Extravio de mercadoria nos correios Façamos o homem à nossa imagem fases da Lua Fazendo se conhecer Feliz Ano novo Feliz Natal feromônio Fertilidade Festa das 7 semanas Festa das luzes Festa de Chanucah Festa de Chanukah Festas Biblicas. Festas de ações de graças Festas judaicas Fibonacci Filhos Filmes FIM DE MAIS UM CICLO fisica Flávio Mendes de Carvalho Flocos de Neve Flor Florestas: Natureza a seu serviço Formigas Frase do dia Frases de Charles Darwin Gad Elbaz Gad Elbaz & Naftali Kalfa Gal Galot Gás do efeito estufa Geneses Gênesis 1:26 gif Gorjuss Gifs da Disney Giveaways Gondwana Gorjuss Gravidez Greenberg Gregos Guerra nas estrelas Guila Flint Hair Hamam Hannukah in Jerusalem Hebrew História History Channel HomeBiogas Homem a arvore no campo http://www.chabad.org.br/ Idade da pele Ilustradora da Gorjuss Importância da mulher no Judaísmo independência individualidade indivíduos Infância Infertilidade insetos voadores Interpretação hebraica da biblia. Intestino Invenções de Israel Iom Kipur Isaiah 7:6 Isaiah fala de Jesus? Isaías 9:14 Israel Israel Compras Israel! Jairo Fridlin Jerusalém Jesus Jesus não estava do lado de Deus na criação jogos Jogos de biologia Jogos de meninas jogos do alimentos Jogos MMO judaicos Judaism Judaismo Judeus Judeus e cristãos Judeus praticantes Kaparot kashruth Ketubah Kit scrap Gorjuss Kosher KOSHER LIGHT L'Occitane au Brésil Lama do Mar morto larvaepartus Limnonectes LASSANHA DE CARNE MOIDA Latkes Latkes de Ricota Legislação Ambiental Legislação biblica Leis ambientais Leis ambientais e a torá Leis antigas Leis de Israel Leis do kashruth Leis para a humanidades Leitores Leonard Nimoy Lev Levitico li dodi dodi li Librorvm Prohibitorum ligada justiça Linor Abargil Liquidação Lista para sorteio Livre Para Voar Livros Livros hebraicos Loja Loja Commaosdeseda Louca por livros Loucos por Biologia Lua Lua de sangue Lua sangrenta. Madeichas makeup palette Maquiagem Mar Aral mar de junco Mar morto Mar vermelho MARICÁ: PRAIA DE JACONÉ É TOMBADA PELO GOVERNO DO ESTADO Marrocos Masada Máscara mágica de Lama Mask Miracle Noir Premier Massachusetts material arqueológico em Boa Esperança Mattis Kantor Mediterranean Culture Megiddo Meguilat de Ester Meio ambiente Melchizedek Merry Christmas Mês de Adar Mês de Elul Mês de Tishrei Mês Judauco Messias Meu Beija Flor milho Miracle Noir Máscara Moda Moda e Judaismo Moisés Momento fã Mosca tsé-tsé Mulher europeia Mulher maravilha Mulher Romana Mulheres Judias Mulheres que pensam Naftali Kalfa Namorados nando de Aragão Não ao Boicote a Israel Nascimento de Jesus. Natal Natal RN Natgeo Natureza NEEM INDIANO Neve em Israel Níveis de conhecimento Bíblico niveis de dioxido de carbono. Noach Noé o filme Noivinhos infantis Noivinhos infantis Levav nosso segundo cérebro Noticias Blog Noticias de Natal Notícias em Natal Nova Jerusalém Novos jogos online Números O Berço da Subsistência. O Deus de Israel O dia dos namorados O eclipse da Super lua O filme de Noé O Gato do Rabino O Homem Morcego o primeiro homem O que diz Isaías sobre Jesus O Rei esquecido O Rei esquecido Capitulo II O Rei esquecido Capitulo III Oficina de arte Oficina de biologia Oleo de amendoa Orelha de hamam Orelhas de Aman Orelhas de Hamam Organizando a maquiagem Origem dos ovos de pascoa. Orpheland ned Os animais mais mortais do mundo Os animais mais mortais do mundo. Você Sabia? outorga da Torah Ovos de pascoa Ovos de Páscoa Oznê Haman Palavras cruzadas palavras cruzadas. Pantogar Papai Noel Parashat Parashat Vayishla Parcerias Commaosdeseda Parte da planta Pascoa Páscoa cristã Pascoa judaica Pecado! peixes Pele Pentateuco Perfumes e cheiros peru Pesach Pessach Peste Bubonica Pilula Planta Plantas PlantasxHumanos Play list Plymouth png Gorjuss Poemas pontos quânticos Pontos Turísticos de Israel Poros abertos Poros dilatados Porque estou perdendo seguidores Postagens pragas do Egito Pratos Frios Prece da mulher no judaísmo Premier Prêmios Presentes Preservação do beija flor Proclamação Produtos de beleza e variedades Produtos de Israel em Natal Promoção Propriedade de Sensitive probiotic Propriedades da Miracle Noir Máscara Propriedades do Dead sea minerals Propriedades do Óleo de argan Moroccanoil Proteção ao animais Psicologia infantil PUDIM ASSADO Purim Quam estava do lado de deus na criação? Quantum Dots Queda no numero de seguidores Queima queratina Quimica da pele Rabo de cavalo Raffle Rainha Ester realçando a beleza Receitas reciclagem Record Rei Sol Religião e religiosidade Resenha de livros respeito Ressurreição Resultado do Sorteio revelação de Deus para humanidade Rio de janeiro RN noticias Romanica Romanos Rosh Hashaná Rosh Hashanah RRR Sacrificios Sala de Berinjela Salpicão Santa Claus São João Sapos Sare Drogarias Sarit Hadad Scrap Scrap natalino Script de neve Se toque Sefarditas Sentido da Páscoa Sephardic Jews Ser Judeu Seres vivos Shana tova umetuca Shavuot Shoes Shofar short and win Sião Simchat Torah Sobrenomes Sobrenomes judaicos Sódio e potássio Sol Sombras Sonhos Sorteio Sorteio de noivinhos infantis Sorteio de Olho nas Sombras Sorteio em blog Sorteios Sou Judeu Sucout Super herois Super lua Supertições sobre o Natal sustentabilidade! Suzanne Woolcott Sweepstakes Tabela periodica da pele Tabus da infância Talmud tecnica de pintura Country Tel Aviv Tel Dan Templates e layouts Commaosdeseda Tempo Teoria de Darwin Teste Teste da arvore Teste sua arvores Testes Thanksgiving Day Tipos de Cabelo Tora Torah Tributação Tu B'shevat Tu Bishvat Turismo uimica valores humanos Variedades Veganos verão Verdades bíblicas Versos Viagens Videira verdadeira Visangismo Vitamina C. Vitamins Voadores WED Xarope de milho de alta frutose xenofobia Yerushalim Yeshayahu yom atzmaut Yom kipur Zion אהבה חתונה יהודים ספרדיים כלה לב תרבות ים תיכונית

Observação: Pacotes com visitas em ponto turísticos cristãos!
PARCELAS LIVRES NO BOLETO BANCÁRIO; FÁCIL P/ PAGAR. 
    Saídas frequentes das capitais do Brasil e preços promocionais com grupos. 
    Fale comigo através do Zap 21 979356412 que te encaminharemos PARA FAZER A   COTAÇÃO. 
   Você gostaria de viver essa experiência incrível? É realmente maravilhoso conhecer a terra dos grandes reis, sacerdotes e profetas de Israel; terra que remonta o princípio da civilização humana. Naquele lindo país estão cidades, mares, rios, montes e vales que se tornaram famosos por causa dos principais acontecimentos bíblicos.

Observação: Pacotes com visitas em ponto turísticos cristãos!
PRÓXIMAS SAÍDAS DO RIO DE JANEIRO:
Setembro/2018 – Setembro/2019 – Setembro/2020
Preços e Facilidades:
CARAVANAS DO POINT DO TURISMO: US$ 3.300 À VISTA – US$ 3.600 PARCELADO (Dinheiro ou Cartão de Crédito).
GRUPOS A PARTIR DE 20 PESSOAS: US$ 3.100 À VISTA – US$ 3.400 PARCELADO (Dinheiro ou Cartão de Crédito).

SISTEMA DE VIAGEM PROGRAMADA – (95% das nossas vendas p/ Israel são através deste sistema)

É muito mais fácil comprar assim. Você “programa a sua viagem” e vai pagando aos pouquinhos, sem se apertar. Isso tem nos permitido levar muita gente para visitar a Terra de Jesus. Veja as vantagens:
> Sem usar seu Cartão de Crédito;
> Sem pagar juros;
> Sem consulta SPC e SERASA;
> Com parcelas mínimas de apenas R$ 200,00 mensais (no boleto bancário).
Você programa a sua viagem de acordo com a sua possibilidade de pagamento, desde que a parcela mínima mensal seja de R$ 200,00. Esses pagamentos vão sendo imediatamente convertidos e acumulados em DÓLARES e você vai acompanhando todo o histórico de pagamentos em sua página restrita no site da empresa.
 No momento de sua cotação com nossos vendedores comunique a indicação de  Midian do www.commaosdeseda 

ALGUNS LUGARES QUE VOCÊ PODE VISITAR!

ISRAEL e PARIS
Aproveite a experiência de quem há 25 anos vem levando grupos para ISRAEL

 ISRAEL C/ TOUR EM PARIS 

Caravana do POINT DO TURISMO; será acompanhada desde o Rio de Janeiro pelo Diretor da Agência, Henrique de Paula. A segurança e a tranquilidade de 25 anos de experiência levando grupos para a TERRA DE ISRAEL.
 PACOTE INCLUINDO: 
Passagens aéreas, Tour em Paris c/ transporte, guia, seguro viagem e ingressos. EM ISRAEL: Todo o transporte em ônibus de luxo, hospedagens em hotéis 3 a 4 estrelas (Tel Aviv, Tibérias e Jerusalém); café da manhã e jantar, guia credenciado, seguro viagem, ingressos e passeio de barco no Mar da Galileia.


E COMO SERÁ O ROTEIRO?
1º dia
Embarque no Galeão – Voo RIO – PARIS
2º dia
Chegada em Paris;
Traslado para a cidade;
Passeio na Torre Eiffel (ingresso incluso);
Passeio de bateau-mouche no rio Sena (ingresso incluso);
Catedral de Notredame;
Champs Elysees;
Arco do Triunfo;
Outros pontos turísticos da cidade;
Embarque para TEL AVIV no final do dia.
 Obs: Alimentação em PARIS não inclusa.
3º dia
Chegada em TEL AVIV e traslado para o hotel;
Tempo livre em Tel Aviv;
Jope – Antigo Porto – História de Jonas – Casa de Simão, o curtidor;
Jantar e pernoite em Tel Aviv.
4º dia
Cesarea Marítima – História de Paulo e Cornélio – Teatro Romano;
Monte Carmelo (Haifa) – História do Profeta Elias, do rei Acabe e Jezabel;
Nazaré – Igreja da Anunciação – Caná da Galileia (local do 1º milagre);
Jantar e pernoite em Tiberíades.
5º dia
Passeio de barco no Mar da Galileia;
Aldeia de Cafarnaum – ruínas da Sinagoga de Jesus, ruínas da casa de Pedro;
Monte das Bem-Aventuranças;
Tabgha – local da multiplicação dos pães e peixes;
Ruínas de Magdala;
Yardenit – O rio Jordão (local de batismo);
Jantar e pernoite em Tiberíades.
6º dia:
Vale do Jordão;
As ruínas de Jericó;
Qumram – local onde os manuscritos do Mar Morto foram encontrados;
Mar Morto (com possibilidade de banho);
Jantar de pernoite no Mar Morto.
7º dia:
Chegada em JERUSALÉM – Celebração;
Museu de Israel – Maquete de Jerusalém;
Os manuscritos do Mar Morto;
Lado moderno da cidade;
Jantar e pernoite em Jerusalém.
8º dia
Monte Sião – Cenáculo – Túmulo de Davi;
Cidade de Davi;
Tanque de Siloé;
Muro das Lamentações;
Celebração no Monte das Oliveiras;
Noite de compras (*)
Jantar e pernoite em Jerusalém.
9º dia
Oração e foto oficial no Monte das Oliveiras;
Jardim do Getsêmani;
Vale de Cedrom;
Tanque de Betesda;
Local da Condenação de Cristo;
Via Dolorosa;
Igreja do Santo Sepulcro (católica);
Portão de Damasco;
Monte do Calvário;
Jardim do Túmulo;
Jantar e pernoite em Jerusalém.
10º dia
Traslado para o Aeroporto de Tel Aviv e embarque para o Rio de Janeiro.

Obs: Esses pacotes não são recomendados para Judeus que quererem conhecer Israel!
    Fale comigo através do Zap 21 979356412 que te encaminharemos PARA FAZER A   COTAÇÃO. 

   Hoje vamos indicar um serviço de mais um de nossos parceiros a Point Turismo que esta a mais de 25 anos no mercado em nosso pais e onde você encontrará  qualidade, bom preço e as melhores formas de pagamento. A empresa trabalha com com as melhores operadoras do Brasil parcelando no Cartão de Crédito, Boleto Bancário, depósito ou transferência bancária.      
    Você pode também pagar parte em dinheiro, parte no boleto e o restante no cartão de crédito. Conheça o nosso CARTÃO POINT, o cartão pré-pago que facilita a sua vida. Para viagens a Israel, conheça nosso Sistema de VIAGEM PROGRAMADA. 
      Fale comigo através do Zap 21 979356412 que te encaminharemos PARA FAZER A COTAÇÃO DA FORMA CERTA. 

VEJA ALGUNS DOS SERVIÇOS DE NOSSO PARCEIRO


VEJA ALGUMAS DAS PROMOÇÕES DE NOSSO PARCEIRO
Israel com Flytour 17 fevsoberano carnavalsoberano 6 jansoberano 22 jan



   Fale comigo através do Zap 21 979356412 que te encaminharemos PARA FAZER A COTAÇÃO DA FORMA CERTA. 

Resultado de imagem para Vayêshev
A Parashá Vayêshev inicia descrevendo o grande amor de Yaacov por seu filho Yossef, o que acaba provocando o ódio de seus irmãos. O ciúme deles cresce quando Yossef lhes conta os dois sonhos que indicam que eles serão um dia subservientes a ele.


Yaacov envia Yossef para vigiar seus irmãos que estão guardando o rebanho longe de casa, e ao vê-lo se aproximar, planejam matá-lo. Reuven convence os irmãos a não matarem Yossef, mas é incapaz de salvá-lo totalmente quando os irmãos vendem Yossef como escravo no Egito. Após mergulhar o casaco de Yossef em sangue, eles voltam ao pai, que acredita que seu amado filho foi morto por um animal selvagem.

A Torá faz uma digressão para relatar a história de Yehudá e sua nora, Tamar.

A narrativa volta-se então para Yossef no Egito, onde se torna um escravo que obtém sucesso e é encarregado dos negócios da família de seu amo Potifar. A esposa de Potifar tenta de todas as formas seduzir Yossef, que resiste sempre ao assédio. Ao sentir-se recusada, ela grita dizendo que ele tentou violentá-la.

Yossef é jogado na prisão onde novamente é alçado a uma posição de liderança, desta vez ficando encarregado dos prisioneiros. Dez anos depois, o mordomo chefe do faraó e o padeiro são jogados na mesma prisão. Certa noite eles têm um sonho intrigante, que Yossef interpreta de forma acurada, e a porção conclui quando o mordomo retorna a seu cargo antigo e o padeiro é executado, como Yossef havia predito.

    A integração de mulheres combatentes tem crescido de forma rápida em Israel, em 2012 tinham 547 combatentes do sexo feminino, e no ano passado (ano 2016) o numero de combatentes chegaram a 2.100. Será criado um quarto batalhão misto por conta deste maior interesse.   
   Esses dados foram visto ano passado, já esse ano de 2017 o  Exército de Israel registra número recorde de mulheres em unidades de combate, em algumas unidades, quantidade de mulheres passa dos 30%.
   O Exército israelense anunciou neste domingo que o número de mulheres em suas unidades de combate bateu o recorde este ano.
   Um total de 2,7 mil mulheres se alistaram nas unidades de combate, indicou um oficial, referindo-se às cifras divulgadas após o recrutamento de novembro.
Resultado de imagem para Mulheres do exercito israelense
   Março e novembro são os dois principais períodos de recrutamento pelo Exército israelense. O serviço militar obrigatório é de: dois anos e oito meses para os homens e; dois anos para as mulheres. A maioria dos recrutas servem em unidades mistas. Segundo o oficial, a proporção de mulheres entre os guardas fronteiriços passou de 15% para 35% em três ou quatro anos.

Israel registra número recorde de mulheres em unidades de combate.
Como funciona o alistamento de mulheres no Exercito de Israel?
    O Alistamento feminino no exercito Israelense é obrigatório aos 18 anos, onde elas servem ao pais inicialmente durante 2 anos, após esse tempo servem na reserva até os 24 anos de idade, diferentemente dos homens que servem até os 40 anos de idade. 
   Sobre o recrutamento de judeus ultraortodoxos, a fonte indicou que a meta do governo, de 3,2 mil alistados, não foi alcançada, e apenas 2,85 mil aceitaram realizar o serviço militar.
   O serviço militar dos ultraortodoxos é alvo de debate há tempos. Costuma gerar enfrentamentos entre membros desta comunidade (cerca de 10% da população israelense) e a polícia.  
    
Resultado de imagem para Mulheres do exercito israelense
Resultado de imagem para Mulheres do exercito israelense

Imagem relacionadaA turbulência interior que marcou a vida de engano de Jacó, bem como a sua luta com seu pai, irmão e filhos, estão expostos em Vayishlach . Depois de muitos anos de separação, Jacob, prestes a encontrar seu irmão distante, Esaú, dormiu em um estado de vigília de sonhos na margem do rio Jabbok, onde um homem lutou com ele até o amanhecer. No texto, lemos:

Então ele disse: "Deixe-me ir; o amanhecer está quebrando. "Mas [Jacob] disse:" Eu não vou deixar você ir a menos que você me abençoe ". O outro disse a ele:" Qual o seu nome? "Ele respondeu:" Jacob "." Não mais você será chamado Jacó, mas Israel ", disse o outro," porque você lutou com Deus e com os seres humanos e você prevaleceu ". Então, Jacó perguntou:" Ora, diga-me seu nome. "Mas ele disse:" por que você pergunta ao meu Nome? "E ele se despediu dele. (Gênesis 32: 27-30)

Não há como classificar a variedade de eventos que levaram à turbulência e à agonia que Jacob estava com vontade de viver. No entanto, um leitor só pode imaginar que a experiência mais dolorosa que Jacob teve que suportar foi o estupro de sua filha Dinah. Esta crónica androcêntrica, uma história em que apenas os machos são motores principais, está preocupante em vários níveis. É uma história de amor que alguns estudiosos consideraram um "Romeu e Julieta" israelitas, mas também uma história que se perdeu. Dinah não tem voz nessa narrativa e, além disso, quando se trata da conclusão, o leitor nunca mais ouve sobre Dinah novamente.

Os irmãos de Dinah, Simon e Levi, trazem desonra para o clã, pelo fato de eles lidarem com o estuprador e sua tribo. Rabi W. Gunther Plaut, 1 sugere que esta conta "se encaixa no padrão geral da tragédia de Jacob, com a decepção mais uma vez desempenhando um papel central".

O texto registra que Dinah "saiu para ver as mulheres da localidade" (Gênesis 34: 1). Embora o significado do texto não seja claro, os comentadores posteriores sugerem que Dinah convidou o crime do qual ela se tornou a vítima. Certamente hoje, os comentários que culpam a vítima por um crime são inaceitáveis.

Nesta história de amor, Siquém, filho de Hamor, chefe do país, violou por força Dinah. No entanto, em uma mudança de eventos pouco característica, Shechem se apaixonou por Dinah e esperava casar com ela. Shechem visitou Jacó e pediu a mão de Dinah em casamento, dizendo:

Deixe-me encontrar o favor à sua vista, e eu lhe darei o que você pedir. Excede do meu dinheiro de noiva e presentes em excesso, mas vou pagar tudo o que você me exija; só me dê a garota para ser [minha] esposa "(Gênesis 34: 11-12).

Embora os filhos de Jacó "se tenham entristecido e ficaram extremamente irritados" (Gênesis 34: 7) nada foi dito a Hamor ou Schechem sobre o crime. Não foi dito sobre se a proposta de Siquém era ou não aceitável para Dinah ou sobre o fato de que sua família ainda estava segurando Dinah. No entanto, o casamento do vitimizador e a vítima estavam de acordo com o costume da terra, porque mais tarde em Êxodo, o texto exige que o ravishador se case com a vítima desembarcada, a menos que seu pai se acha:

Se um homem seduz uma virgem para quem o preço da noiva não foi pago, e está com ela, ele deve torná-la sua esposa mediante o pagamento de um preço de noiva. (Êxodo 22: 15-16)

Os filhos de Jacó, Simeão e Levi, os irmãos de Dinah, deram o seu consentimento, mas exigiram que todos os homens da tribo de Siquém se circuncidassem. No entanto, Simeão e Levi tiveram outros planos para a tribo que concordou com esta circuncisão em massa: enquanto os homens da tribo de Schechem estavam curando, os irmãos os mataram, aproveitando suas posses e levando a população restante em retribuição pela violação de Dinah.

Embora o nome de Dinah significa "justiça", ela não recebeu nenhum. Após este incidente, Dinah desaparece do texto. Embora Jacob nunca tenha comentado o crime contra sua filha, ele protestou contra a estratégia de seus filhos. Jacob castigou Simeão e Levi, preocupando-se de que sua reputação sofreu por causa de sua ação, e ele e sua tribo estariam sujeitos a retribuição por causa de sua ação:

Você me causou problemas, fazendo-me odioso aos habitantes da terra - os cananeus e os perizeus. Como eu sou pouco em número, eles vão reunir os themseles contra mim e atacar-me, e eu e minha família serão destruídos. (Gênesis 34: 30-31)

Além disso, o assunto irritou Jacob pelo resto de sua vida, porque em seu leito de morte, Jacó repreendeu seus filhos:

Simeon e Levi são parceiros; 
Os instrumentos de violência são o seu plano ... 
porque eles mataram um homem em sua ira ... 
Maldito é a sua ira tão feroz, 
e sua fúria tão dura! 
Eu os dispersarei em Jacó, 
espalhá-los- ei em Israel. (Gênesis 49: 5-7)

Além da questão das mulheres, como Dinah não tendo voz em seu próprio bem-estar, a violação de Dinah e a turbulenta vida de Jacó levantam a questão de por que algumas pessoas têm vidas de facilidade e outras lutam com infortúnio. Alguns do que acontece com as pessoas são simplesmente o resultado da sorte - estar no lugar certo no momento certo ou inversamente, estar no lugar errado na hora errada. E um pouco do que acontece depende da resposta de uma pessoa a uma determinada situação, positiva ou negativa. Contudo, às vezes, os indivíduos não têm controle sobre os resultados que afetam suas vidas.

As lutas de Jacob são muito humanas porque são lutas de todos. Combater fantasmas e criaturas noturnas é uma experiência universal. Como Jacó, os indivíduos muitas vezes lutam com akov CV, "um coração enganador". E não há uma resposta satisfatória para o que torna as pessoas gentis e outras cruéis, ou porque algumas têm vidas de facilidade e outras enfrentam dor e tristeza constantes. O fato de que não há resposta não passa despercebido pela tradição, como Rabi Yannai comentou: "Não é nosso poder explicar a prosperidade dos ímpios ou as aflições dos justos" ( Pirkei Avot 4:19). 

Referencias:

Olá Amigos! Temos nesse blog postagens "Fazendo se conhecer" E hoje temos: 
A festa das Luzes
  Vocês conhecem a festa de Chanukah  'RRanucah"? Não? Então vamos falar que comemoração é essa, que enquanto o mundo comemora o Natal os Judeus comemoram Chanukah FESTAS DAS LUZES e  ou comemoração da vitória dos macabeus, e também um festividade da estação de inverno em Israel.
    Esta festa é datada de um acontecimento histórico  II Sec. A.E.C "segundo seculo antes da era comum" no ano de 3616 do calendário judaico. "Registro histórico do livro de Macabeus" se você não conhece certamente sua vertente cristã é protestante, ou sejam são livros judaicos de veracidade histórica aceitos pelo cânon católico mas banidos pelos protestantes".
    A data desta festividade pode variar entre o mês inteiro, podendo ser no inicio, no meio ou no final do mês de dezembro, pois os judeus seguem o calendário lunar. Para você ter ideia ano passado foi dia 06/12  a 14/12 já e esse ano de 2016 será 24/12 a 01/01/2017.  Esse ano de 2017 será celebrado dia 13/12/2017.
Qual o motivo dessa comemoração?
    O Rei grego Antiochus atacou Jerusalém e tomaram o templo, proibiram os judeus de frequentarem o templo e de cumprirem com os mandamentos 'leis atos de religiosidade' (Não confundam religiosidade com religião),  se apoderaram de seus bens, de suas filhas e ainda colocaram no templo a estatua de Zeus.  Imaginem só! toda uma nação, cultura e religiosidade destruída por um conquistador ''O Rei grego Antiochus", e todos eram obrigados a esquecerem seus costumes nacionais para seguirem o deste ou aquele conquitador.
    Mas esse domínio durou pouco tempo, apenas 6 anos, pois em 3622 Yehuda Macabi derrotou os gregos, readquiriu sua nação, retiraram a estátua Zeus do templo e voltaram a poder cumprir os mandamentos leis civis judaicas que também havia sido proibidas pelo Rei Sirio de cumprir. 
    O templo sempre foi iluminado pela menorah "Um cabelabro de 7 luzes", em uma das ações para iluminar o templo recolocaram o azeite da menorá "Candelabro" que só dava para permanecer acessa durante 1 dia,  milagrosamente o azeite deu para iluminar por 8 dias, dando tempo para que um novo aceite pudesse ser feito, e por esse motivo essa festa que a comemoração da reconquista da nação e templo dura 8 dias até hoje, e por isso que o menorah chamada de Chanukiah é um candelabro de 8 braços que usamos na festa..    
Costuma-se comer sonhos e bolinhos de batata→
Como se comemora?
   A cada dia se acende uma vela colorida ou não da Chanukiah  até o 8º dia completando 8 velas acessas para lembrarmos que o aceite de 1 dia durou 8 dias na reconquista do templo (Obs:  Os Judeus  não acendem velas para entidades, pois é só questão de iluminação)
←Dar dinheiro a crianças para incentivar os estudos das leis da Nação/do povo.
Jogar Sevivon, um jogo com um dreidel parecido com um pião, mas com letras e cheios de regras, frases e significados. "Como jogar"
Existem mais alguns outros detalhes concernentes a festividade, mas esse poster é apenas um resumo de como é essa bela festa intitulada tambem de FESTAS DAS LUZES é feita.
Curiosidades cristães sobre a data.
Dados disso são incertos mas, a curiosidade é bem interessante:
   Alguns estudiodos cristãos, sugerem que a arvore de Natal conhecida hoje, é uma assimilação desse costume que com o tempo foi se modificando entre os criptojudeus. 
   Como os judeus comemoravam e comemoram a festa de Chanukah sempre entre o periodo natalino cristão, os cristãos assimilaram esse belo costume, mas o transformou com o passar do tempo para se diferenciarem dos judeus, como sugere a imagem da revista Alemã em 1906.
   Também existe a possibilidade intrínseca de que quando os Judeus foram forçados a se converteram ao cristianismo por pena de morte na inquizição, os que realmente se assimilaram ao cristianismo, esconderam seus costumes tão bem que com a passar das gerações as familias foram deixando cada vez mais a ponto de lembrarem mais a  importancia da data biblica com o passar das gerações a deixando de lado devido a perseguição com mortes em suas familias, e assim esse costume  passou a ser cada vez mais cristão e sofrer diferenciações, chegando a ser a arvore de Natal "Esse item tão comum na festa cristã católica". 
   Mas esse dado sobre a transformação da Chanukiah , sugerida pelos estudiosos cristãos ainda é bem inserto, sem comprovação histórica e exata, mas não deixa de ser uma curiosidade interessante.
Referencias: 
WOLPO. Shalom Dov.: Conceitos Judaicos.  Ed. Lubavitch. São Paulo. 2010
Revista Alemam Schlemiel 1906


Olá Amigos! Temos nesse blog postagens "Fazendo se conhecer" E hoje temos:
A festa das Luzes
  Vocês conhecem a festa de Chanukah  'RRanucah"? Não? Então vamos falar que comemoração é essa, que enquanto o mundo comemora o Natal os Judeus comemoram Chanukah FESTAS DAS LUZES e  ou comemoração da vitória dos macabeus, e também um festividade da estação de inverno em Israel.
    Esta festa é datada de um acontecimento histórico  II Sec. A.E.C "segundo seculo antes da era comum" no ano de 3616 do calendário judaico. "Registro histórico do livro de Macabeus" se você não conhece certamente sua vertente cristã é protestante, ou sejam são livros judaicos de veracidade histórica aceitos pelo cânon católico mas banidos pelos protestantes".
   A data desta festividade pode variar entre o mês inteiro, podendo ser no inicio, no meio ou no final do mês de dezembro, pois os judeus seguem o calendário lunar. Para você ter ideia ano passado foi dia 06/12  a 14/12 já e esse ano de 2016 será 24/12 a 01/01/2017. Esse ano de 2017 será celebrado dia 13/12/2017. Os dias variam muito, porque Israel segue o calendário lunar diferente do ocidente que segue o solar!
Qual o motivo dessa comemoração?
    O Rei grego Antiochus atacou Jerusalém e tomaram o templo, proibiram os judeus de frequentarem o templo e de cumprirem com os mandamentos 'leis atos de religiosidade' (Não confundam religiosidade com religião),  se apoderaram de seus bens, de suas filhas e ainda colocaram no templo a estatua de Zeus.  Imaginem só! toda uma nação, cultura e religiosidade destruída por um conquistador ''O Rei grego Antiochus", e todos eram obrigados a esquecerem seus costumes nacionais para seguirem o deste ou aquele conquitador.
    Mas esse domínio durou pouco tempo, apenas 6 anos, pois em 3622 Yehuda Macabi derrotou os gregos, readquiriu sua nação, retiraram a estátua Zeus do templo e voltaram a poder cumprir os mandamentos leis civis judaicas que também havia sido proibidas pelo Rei Sirio de cumprir. 
    O templo sempre foi iluminado pela menorah "Um cabelabro de 7 luzes", em uma das ações para iluminar o templo recolocaram o azeite da menorá "Candelabro" que só dava para permanecer acessa durante 1 dia,  milagrosamente o azeite deu para iluminar por 8 dias, dando tempo para que um novo aceite pudesse ser feito, e por esse motivo essa festa que a comemoração da reconquista da nação e templo dura 8 dias até hoje, e por isso que o menorah chamada de Chanukiah é um candelabro de 8 braços que usamos na festa..    






Costuma-se comer sonhos e bolinhos de batata→



Como se comemora?

   A cada dia se acende uma vela colorida ou não da Chanukiah  até o 8º dia completando 8 velas acessas para lembrarmos que o aceite de 1 dia durou 8 dias na reconquista do templo (Obs:  Os Judeus  não acendem velas para entidades, pois é só questão de iluminação)



←Dar dinheiro a crianças para incentivar os estudos das leis da Nação/do povo.





Jogar Sevivon, um jogo com um dreidel parecido com um pião, mas com letras e cheios de regras, frases e significados. "Como jogar"

Existem mais alguns outros detalhes concernentes a festividade, mas esse poster é apenas um resumo de como é essa bela festa intitulada tambem de FESTAS DAS LUZES é feita.

Curiosidades cristães sobre a data. Dados disso são incertos mas, a curiosidade é bem interessante:
   Alguns estudiodos cristãos, sugerem que a arvore de Natal conhecida hoje, é uma assimilação desse costume que com o tempo foi se modificando entre os criptojudeus. 
   Como os judeus comemoravam e comemoram a festa de Chanukah sempre entre o periodo natalino cristão, os cristãos assimilaram esse belo costume, mas o transformou com o passar do tempo para se diferenciarem dos judeus, como sugere a imagem da revista Alemã em 1906
   Também existe a possibilidade intrínseca de que quando os Judeus foram forçados a se converteram ao cristianismo por pena de morte na inquizição, os que realmente se assimilaram ao cristianismo, esconderam seus costumes tão bem que com a passar das gerações as familias foram deixando cada vez mais a ponto de lembrarem mais a  importancia da data biblica com o passar das gerações a deixando de lado devido a perseguição com mortes em suas familias, e assim esse costume  passou a ser cada vez mais cristão e sofrer diferenciações, chegando a ser a arvore de Natal "Esse item tão comum na festa cristã católica". 
   Mas esse dado sobre a transformação da Chanukiah , sugerida pelos estudiosos cristãos ainda é bem inserto, sem comprovação histórica e exata, mas não deixa de ser uma curiosidade interessante.

Referencias: 
WOLPO. Shalom Dov.: Conceitos Judaicos.  Ed. Lubavitch. São Paulo. 2010
Revista Alemam Schlemiel 1906



   
    Depois da postagem da festa de Chanukah, muita gente me perguntou como funciona o jogo de Driedel, um dos costumes da festa. então la vai hein:
   O jogo de Dreidel nada mais é que um jogo onde um pião de quatro lados dita a regra, é super fácil e é um jogo comum mas bem tradicional na festa de Chanukah, mas primeiro vamos saber porque ele existe. "Detalhes de Chanukah vem aqui."
    No domínio do Rei Antiocus sobre Israel, o império proibiu que os judeus fizessem suas praticas, ou seja cumprir os mandamentos que são suas leis.  Para se divertir foi feito esse jogo, um grupo de pessoas reunidas/ou prisioneiros o que para os soldados do império pareciam ser apenas pessoas apostando moedas, mas não percebiam que no pião tinham letras com profundos significados. Vejamos os significados das 4 letras do pião:

Resultado de imagem para bolinhas de natal   Todo mundo tem uma superstição com relação a algo, e hoje vou lhe falar de uma "O das bolinhas de Natal" Mesmo não sendo cristã e não comemorando o Natal, achei uma coisa interessante a se falar.
Busquei apenas um trecho encontrado na internet para Analise dessa supoertição:
   "Esse aparente e inocente adorno teve origem durante os cultos a Baal, já vimos que a árvore era elemento fundamental ao culto pagão, e como oferta, ofereciam-se sacrifícios humanos de crianças meninas, essas após serem mortas tinham suas pequenas cabeças (bolinhas) decepadas e penduradas na árvore. 
   Os lacinhos que acompanham as bolinhas personificam ainda mais uma cabeça de menininha. 
Devido a decapitação elas se ensangüentavam e tornavam-se completamente avermelhadas; quanto maior fossem o número de cabeças penduradas, maior e mais importante era o sacrifício."

Desculpe decepcionar os mais vigorosos em certas crendices
   Isso citado não passa de uma tolice. Na antiguidade muitas civilizações respeitavam as arvores a exemplo os egípcios cujo o cedro se associava a Osíris. Os gregos ligavam o loureiro a Apolo, o abeto a Átis, a azinheira a Zeus. Os germânicos colocavam presente para as crianças sob o carvalho sagrado de Odin. Não ha registro entre esses povos que cortavam cabeças de crianças e penduravam em arvores.
    Porém um agrande maioria de povos das florestas penduravam cabeças decepadas de seus inimigos nas arvores, nas redondezas de suas vilas e cidades para impedirem por amedrontamento a entrada de povos estranhos a seus territórios, nada que fosse direcionado diretamente a crianças ou fosse enfeite das arvores, nem mesmo os sacrifícios feitos a Moloc citado em Levíticos 18:21, Levíticos 20:2, Deuteronômio 18:10 cujo era oferecidas crianças para sacrifício, cita as cabeças de crianças servidas de enfeite para arvores, e mesmo que esse fato tivesse sido ocorrida não teria hoje o mesmo significado ou simbolismo! Isso não passa de especulação de pseudo estudiosos querendo impor suas crenças com achismos, colocando dizeres em lacunas na história.

Outras Suposições a respeito da origem da arvore de Natal e seus enfeites.

   Nas vésperas do solstício de inverno, os povos pagãos da região dos países bálticos cortavam pinheiros, levavam para seus lares e os enfeitavam de forma muito semelhante ao que faz nas atuais árvores de Natal. Essa tradição passou aos povos Germânicos. 

   No início do século XVIII, o monge beneditino São Bonifácio tentou acabar com essa crença pagã que havia na Turíngia, para onde fora como missionário. Com um machado cortou um pinheiro sagrado que os locais adoravam no alto de um monte. Como teve insucesso na erradicação da crença, decidiu associar o formato triangular do pinheiro à Santíssima Trindade e suas folhas resistentes e perenes à eternidade de Jesus. Nascia aí a Árvore de Natal,  porém sua divulsão na sociedade só passou a ser presente no seculo IX, na qual a primeira arvore de natal foi registrada nas americas no ano de 1841 (Veja aqui!)

  Há outras versões, porém, a moderna árvore de natal teria realmente surgido na Alemanha entre os século XVI e XVIII. Não se sabe exatamente em qual cidade ela tenha surgido. Durante o século XIX a prática foi levada para outros países europeus e para os Estados Unidos. Apenas no século XX essa tradição chegou à América Latina. Atualmente essa tradição é comum a católicos, protestantes e ortodoxos.

Resultado de imagem para Chanukiah   Algumas famílias judias da América do Norte e aqui no Brasil  adotaram o que muitos chamam de arbusto do Chanucá (festa judaica comemorada próxima ao natal). Muita gente diz ser um sincretismo com a árvore de natal cristã, porém o Candelabro de Chanucah tem registros muitos mais antigos ao costume da arvore de natal cristã, escritos desde a época talmúdica entre (entre 130 d.C. e 160 d.C.) na qual em sua comemoração acendia as 9 luzes do candelabro, cada uma sendo um recipiente com azeite + pavio acesso, antes da invenção da vela.
     Sendo assim não parece que os judeus associaram a sua cultura a arvore de natal cristã, mas parece que ocorreu o contrário disso, sendo assim é mais provável que a arvore de natal cristão tenha sido uma modificação do candelabro de Chanukah.


Gostaram da postagem? deixem seus comentário e obrigado!

Conheçam nosso trabalho de arte!

[Arte][gallery2]
[Judaismo][slider2 fade]

Midian LSF

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget